São utilizados excipientes para manter a uniformidade necessária e facilitar a aplicação / incorporação dos aromas concentrados nos produtos alimentícios. Alguns excipientes possuem também outras ações: proteção contra evaporação e alterações durante armazenamento, preservação do encapsulamento, ação direta sobre a base do alimento tornando-a mais macia, solubilização dos compostos aromáticos, etc.

Observação

É desnecessária a diluição de um aroma / condimento com o intuito de, apenas e tão somente, baratear o seu preço unitário, pois interferirá diretamente no custo de aromatização, que é realmente o importante, associado com a qualidade do aroma.     

Exemplo

Aroma concentrado: com preço unitário de R$30,00/Kg e dosagem de 0,1%, possuem um custo de aromatização de R$3,00/100Kg de produto final.

Aroma diluído em excesso: com preço unitário de R$5,00/Kg e dosagem de 1%, possuem um custo de aromatização de R$5,00/100Kg de produto final.

 Preço menor não significa obrigatoriamente custo inferior. Faz-se necessário conhecer a dosagem e consequentemente o custo de aromatização quando comparamos aromas de diferentes concentrações.